DÚVIDAS

Por que eu contaria os meus problemas a um estranho?

O psicólogo é um profissional treinado e capacitado para isso. Se você tem amigos e divide os seus problemas com eles, isso é importante e saudável. Contudo, a terapia é mais do que uma conversa entre amigos. É uma investigação profunda em busca de maior entendimento de você mesmo.

Como eu terei segurança quanto a ser atendido por profissional habilitado?

O profissional habilitado a fazer orientação e atendimento psicológico é o psicólogo, neste site o atendimento será feito única e exclusivamente pela psicóloga Patricia Zani.

Gostaria de ter informações sobre o sigilo.

Todas as informações trocadas têm o caráter sigiloso, (conforme art. 9º do Código de Ética do Psicólogo, regido pela resolução 010/2005) e serão manuseadas e mantidas apenas pela psicóloga. Nenhum registro será mantido no site, sendo o mesmo apenas veículo para a divulgação do trabalho e o contato inicial. Todos os cuidados serão tomados para que somente a psicóloga tenha acesso às informações trocadas, e alertam-se os usuários para que façam uso de todas as medidas de segurança no computador, como a utilização de senhas e a exclusão de e-mails e históricos do SKYPE, para que os conteúdos não fiquem disponíveis para outros usuários que compartilhem o computador.

No que consiste o trabalho de ATENDIMENTO ON-LINE?

O trabalho consiste em orientação psicológica, aconselhamento psicológico, orientação profissional e orientação afetiva ou seja, ajudará você a compreender seus processos emocionais e auxiliará no processo de autoconhecimento. Você terá as orientações adequadas ao seu caso específico e às perguntas pontuais que venham a ser formuladas.

O ATENDIMENTO ON-LINE é igual à terapia no consultório?

Não. O atendimento psicológico on-line não é psicoterapia e não substitui a psicoterapia feita em consultório. O atendimento on-line é chamado «orientação psicológica» ou «aconselhamento psicológico». Casos que necessitam de psicoterapia com maior tempo de duração deverão ser encaminhados para o consultório.

Eu sou menor de idade, posso marcar uma consulta também?

Sim, o atendimento on-line será fornecido para adolescentes a partir de 12 anos, mas precisaremos da autorização de um dos seus pais, para que possamos dar sequência ao atendimento (conforme o Código de Ética do Psicólogo).
Art. 8º - Para realizar atendimento não eventual de criança, adolescente ou interdito, o psicólogo deverá obter autorização de pelo menos de um de seus responsáveis, observadas as determinações da legislação vigente;
§1° - No caso de não se apresentar um responsável legal, o atendimento deverá ser efetuado e comunicado às autoridades competentes;
§2° - O psicólogo responsabilizar-se-á pelos encaminhamentos que se fizerem necessários para garantir a proteção integral do atendido.

Privacidade das Sessões de Adolescentes.

Os atendimentos serão tratados com todo o sigilo, não devendo ser acessados pelos pais, ou familiares. Respeita-se a privacidade do indivíduo, seja ele menor de idade ou não.
De minha parte, todas as medidas de segurança, quanto a preservação da privacidade, serão tomadas. Assim sendo, informa-se que todos os cuidados deverão ser tomados no computador do cliente, para que as sessões escritas, não venham a ser lidas, pelo que se sugere que as mesmas sejam lidas, relidas e guardadas com as devidas medidas de segurança (arquivos com senha) ou que sejam removidas do computador assim que possível, se o mesmo é de uso familiar ou comunitário.

Eu e meu marido podemos fazer uma consulta em conjunto (ORIENTAÇÃO DE CASAL ou ORIENTAÇÃO DE PAIS)?

Sim, poderão solicitar uma orientação de casal, ou orientação de pais, de acordo com o assunto a tratar. Esta sessão ocorrerá através de e-mail ou via SKYPE, com a utilização de WebCam, com a presença do casal ou de pais.

Fazer terapia é sinal de fraqueza?

Não. É necessário coragem para admitir os problemas e ser forte para tentar resolvê-los. Procurar um psicólogo para ajudá-lo é sinal de que está interessado em viver melhor.

Quem necessita de terapia?

Hoje em dia, muita gente faz terapia como forma de se conhecer melhor. A terapia pode contribuir para melhorar a autoestima, a autoconfiança, para reduzir o stress e para resolver problemas profissionais e de relacionamento. Procurar por um psicólogo não é motivo de vergonha.